sábado, 14 de maio de 2011

Samba de Um Minuto

A idéia de fazer um blog surgiu da vontade de registrar as músicas que estão no meu dia.
Músicas que me tocam, que me dão paz.
Algumas me revelam, outras marcam momentos, tem até aquelas que dão e matam saudades...
Para esta primeira postagem, eu tinha que começar com Samba de Um Minuto.
Uma boa melodia para esse friozinho de sábado.




Interpretação de Roberta Sá
Composição: Rodrigo Maranhão

Devagar

Esquece o tempo lá de fora

Devagar

Esqueça a rima que for cara.

Escute o que vou lhe dizer

Um minuto de sua atenção

Com minha dor não se brinca. Já disse que não

Com minha dor não se brinca. Já disse que não.

Devagar

Esquece o tempo lá de fora

Devagar

Esqueça a rima que for cara.

Escute o que vou lhe dizer

Um minuto de sua atenção

Com minha dor não se brinca. Já disse que não

Com minha dor não se brinca. Já disse que não.

Devagar, devagar com o andor

Teu santo é de barro e a fonte secou

Já não tens tanta verdade pra dizer

Nem tão pouco mais maldade pra fazer.

E se a dor é de saudade

E a saudade é de matar

Em meu peito a novidade

Vai enfim me libertar.

Devagar...

2 comentários:

Siva disse...

Beleza e sensiblidade...
Características e não únicas, desta pessoa à esquerda de quem entra...
Musicalidade, suavidade...como nesta musica...a tua cara.
Não a cara da rima, mas a cara da poesia e da menina, que está por trás dela...que veio, e fica...devagar...
Parabéns pelo Blog!!!
Bjo, bjo

Rick disse...

Linda música.
Mas prefiro com outra interprete sabe...

Algumas musicas se canta intensamente em alguns momentos, outras a gente canta com tudo a vida toda... parece o caso dessa.

E eu adoraria saber porque. quem sabe um dia.